O salto do gato

gato_a_saltarA crónica de ontem de Miguel Esteves Cardoso chama a atenção para a forma acutilante, esforçada e corajosa como os meios de comunicação americanos e europeus estão a reagir ao comportamento de Donald Trump.

É preciso apenas acrescentar, no último parágrafo, que o que é bom para os jornais é potencialmente bom para o mundo, quer dizer, o que seria de nós sem gatos?

(…) Talvez se possa já falar de um efeito Trump, largamente benéfico. Com Trump na Casa Branca os jornais começaram por ser ridiculamente defensivos mas, graças à atenção constante e agressiva que Trump lhes dedica, têm-se mostrado cada vez mais independentes. A falta de acesso e a hostilidade dos adidos e porta-vozes estão a fazer bem ao jornalismo político americano e europeu.

No jogo entre o gato e o rato que o poder político e os média estão sempre a disputar é bom lembrar que, havendo liberdade de expressão, o gato é a imprensa. (…)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s