E por falar em muros,

é a segunda vez que Emmanuel Macron atira contra Donald Trump e o derruba. Depois de ganhar a cena dos apertos de mão, o recém eleito Presidente francês pegou no slogan de Trump e virou-o ao contrário; em vez de um regresso ao passado, Macron aponta para o futuro.

Começa a emergir uma estratégia de comunicação inteligente: combater o inimigo no seu próprio território, mas com gestos e palavras mais fortes.

Convém não esquecer que Macron estudou filosofia e a sua dissertação de conclusão do curso abordou o limite e a noção do bem comum nos pensamentos de Georg Hegel e Nicolau Maquiavel.

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s