O que é preciso e o que é pior

“Estava tudo em ordem?” assinala o início de uma conversa que expurga qualquer amor à vida.

Se mentirmos com um “Sim” dizem “Isso é que é preciso!” Se dizemos não, o sorriso é ligeiramente menos fraudulento mas a indiferença é a mesma. A resposta passa a ser “Isso é que é pior!”

Excerto da crónica de Miguel Esteves Cardoso no Público.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s