A radicalidade de um gesto simples

Souto_moura_bienal_venezaFico sempre contente quando o trabalho de Eduardo Souto Moura é premiado; desta vez a satisfação é ainda maior porque o Leão de Ouro que o júri da Bienal de Veneza atribuiu ao complexo turístico de São Lourenço do Barrocal vem acompanhado de palavras justas que destacam a radicalidade de um gesto simples.

O arquitecto Souto Moura apresentou apenas duas fotografias aéreas antes e depois da sua intervenção — aí reside a radicalidade e a simplicidade. Mas, conhecendo a sua obra, sabemos que essas duas características são a essência do seu trabalho e, arrisco dizer, as mais necessárias à arquitectura.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s